Fisioterapia Respiratoria - Clarissa Castro - Fisioterapia Pediátrica Clarissa Castro – Fisioterapia Pediátrica





Fisioterapia Respiratoria

A Fisioterapia Pediátrica Respiratória possui grande atuação, principalmente nas crianças que apresentam acúmulo de secreção, tosse ineficaz e taquidispnéia.  Ela atua como coadjuvante nas terapias medicamentosas e muitas vezes evita que a criança necessite de uma medicação mais forte ou de uma internação. Esta terapia deve levar em consideração o desenvolvimento pulmonar que se dá até mais ou menos os oito anos de vida.

A fisioterapia respiratória é responsável por auxiliar na otimização da ventilação pulmonar, aumentando a capacidade pulmonar, diminuindo o desconforto e o esforço respiratórios e facilitando os movimentos tóraco-abdominais. Existem manobras de desobstrução brônquica que ajudam a fluidificar a secreção muitas vezes “presa” nas vias aéreas superiores e facilitam a expulsão da secreção. Esta especialidade também possui técnicas que trabalham na aceleração de fluxo respiratório, atuam na melhora da expansibilidade torácica, na efetivação da tosse e consequente melhora do padrão respiratório. Quando somente as manobras não são efetivas para auxiliar na expulsão da secreção, abre-se mão da aspiração de vias aéreas que promove grande alívio para a criança. Todas as técnicas são direcionadas para o público infantil levando em consideração as características do sistema respiratório da criança que são diferentes do adulto.

Muitas crianças com problemas respiratórios crônicos se beneficiam do tratamento uma vez que melhora a função pulmonar, melhorando a qualidade de vida com a diminuição do “cansaço” para as atividades de vida diária como as brincadeiras por exemplo.

Principais Patologias tratadas em fisioterapia respiratória:

– Pneumonias;

– Bronquiolites;

– Asma e Bronquite;

– Alergias respiratórias com grande acúmulo de secreção;

 

 

 

 

 

 

 

 

 


UA-53920600-1